Dia 3 de março – Dia Internacional do DJ 1

Dia 3 de março – Dia Internacional do DJ

Elemento fundamental de uma boa festa, o DJ é o profissional por trás da escolha de cada sequência de música para o público interagir e dançar, independente do estilo. Um bom DJ tem a pegada de identificar o estilo e tem sensibilidade para mandar o som de acordo com a vibe da galera. Nesses oito anos de casa, o Brasuca se orgulha de ter recebido nomes importantes da cena campineira e da capital que fizeram o povo curtir muito em diferentes estilos.

Independe da festa, dependemos do DJ que manda aquele som para a gente entrar no clima antes da atração principal, ou depois, para não deixar a vibe cair e fazer a galera continuar curtindo. Do Pancadão, ao Pagode Anos 90, ou mandando aquelas pedradas do forró pé de serra, os DJs, são indispensáveis numa festa, mantendo o público “aquecido”, como explica Estéfano Bespalec Júnior, proprietário do Brasuca.

“Como empresário da música, sei o valor dessa parceria tão importante. Seria impossível manter um bom evento sem um profissional como um DJ experiente. Eles precisam pesquisar seu público e garantir a energia. E posso garantir que sempre tive ótimas parcerias. Por isso, hoje, dia 3 de março, quero demonstrar minha gratidão por tantas festas bem sucedidas feitas em parceria com tanta gente incrível”, reforça.

Sem mencionar nomes, para não ser injusto, Estéfano confessa que tudo seria mais difícil sem a ajuda dos DJs que já confiou a pista.

Vale ressaltar que após 20 meses de casa fechada, obedecendo as restrições da pandemia do coronavírus, o Brasuca reabriu suas portas, com eventos obedecendo exigências sanitárias, e retomando contato com DJs residentes da casa. “Estaremos mais fortes e mais unidos que nunca”, garante o empresário.

A Data

Dia 9 de Março é comemorado o Dia Internacional do DJ, uma data estabelecida pela Unesco, em 2002. A data homenageia os profissionais que se popularizaram pelo mundo na década de 1970, com o aumento crescente das discotecas.

O Word DJ Day é foi criado por iniciativa de duas instituições de caridade: World DJ Found e a Nordoff Robbins Music, que utilizam a música para ajudar a tratar pessoas enfermas, em nome de toda a indústria internacional de discotecas.